NESF - Núcleo de estudos sobre a família

A instituição familiar vem sendo objeto de debates profundamente controvertidos nos últimos anos. Alguns estudos apontam uma profunda crise que tem abalado as bases da família, a ponto de tecer previsões sobre sua falência e consequente dissolução. Outros estudos, porém, afirmam que as mudanças pelas quais a família vem passando indicam o nascimento de relações afetivas mais vinculadas à igualdade, a liberdade e ao amor, de modo a fortalecer o núcleo familiar.
O fato é que as relações familiares exercem um papel fundamental na construção de uma sociedade. Envolvida nas bases do desenvolvimento psicológico, cognitivo, afetivo e moral dos indivíduos. Integrada a saúde ou a doença mental, ao sucesso ou ao fracasso social, ao presente e ao futuro de cada um de seus integrantes, percebe-se que existe uma necessidade urgente de se entender o que vem ocorrendo com as relações familiares.
Qual o significado das transformações decorrentes na sociedade atual para as relações familiares? Quem são os pais, as mães, os filhos e os irmãos na contemporaneidade? O que fazer com as dificuldades e possibilidades das famílias atuais?
Na tentativa de responder estas questões, um grupo formado por analistas do comportamento do ITECH interessados em estudar as complexas redes de relações estabelecidas em contexto familiar criou o NESF. Categorias comportamentais específicas como: casar, educar filhos, amar, brigar, punir, separar, desejar, ou seja, comportamentos profundamente envolvidos nas relações humanas, em ambiente familiar, são fonte de interesse deste grupo.